Após reunião entre Sindicato, Empresários e Prefeitura, empresas gastronômicas continuam atendendo

A partir desta semana, Ponta Grossa passa para a bandeira laranja em relação ao combate ao Covid-19 e com isso, diversas mudanças no funcionamento de estabelecimentos acontecem, como a volta do escalonamento para atendimento ao público do comércio.


Juliano Komay (ponta da mesa no canto esquerdo) representou o Sindicato na reunião

Outra alteração prevista, era que os restaurantes e bares parassem o atendimento, porém em uma ação conjunta do Sindicato Empresarial de Hotelaria e Gastronomia dos Campos Gerais (SEHG) e empresários do setor, a gestão municipal, através do Centro de Operações Emergenciais (COE), decidiu permitir o atendimento com mudanças.


Agora, as empresas podem atender até quatro pessoas por mesa, entretanto para isso é necessário apresentar ao órgão de fiscalização o layout do espaço de atendimento com local das mesas, com espaçamento mínimo de 1,5 metros.


Além disso, a empresa precisa ter redução de público a 40%, anotar dados pessoais dos clientes e informar ao COE e pedir a assinatura de um termo de responsabilização onde o consumidor afirma que as pessoas na mesa são do mesmo núcleo familiar.


O empresário Juliano Komay é quem representou o Sindicato na reunião realizada na sexta-feira (24), levou as sugestões da diretoria, empresários e concordou com as propostas da Prefeitura de Ponta Grossa. “Acredito que uma conversa franca e aberta entre os empresários e associados com o poder público, ajuda a transmitir a percepção de que estamos todos juntos enfrentando o problema e buscando uma melhor solução, sempre pensando no bem estar da comunidade”.


Para o hoteleiro, Daniel Wagner, presidente do Sindicato, este é o momento de união para que todos possam passar por esse momento com menores prejuízos. “Não é um período fácil, porém se todos seguirmos os mesmos padrões de atendimento proposto, participarmos das decisões municipais, apresentando ideias, discutindo o que é melhor no combate ao Covid-19 e para a sobrevivência das empresas, pode ter certeza que nós sairemos fortes dessa crise”, enfatiza.


As empresas que decidirem aumentar o atendimento para até quatro pessoas do mesmo núcleo familiar precisarão protocolar o layout de disposição das mesas no Ginásio Oscar Pereira e colocá-lo na entrada do estabelecimento para os clientes terem acesso. Para aqueles sem mudança no número de clientes, não há necessidade de apresentação do documento.

© 2020 Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares dos Campos Gerais

contato@sehg.com.br | (42) 3224-2510

Avenida Visconde de Taunay, 1050 - Ronda, Ponta Grossa - PR (anexo ao Sindilojas)

Nos siga nas redes sociais

  • Instagram
  • White Facebook Icon

Desenvolvimento e conteúdo: Yukê Comunicação