CLIPPING: Toque de recolher todos os dias preocupa setor de bares e restaurantes

Texto: Diário dos Campos



O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel (PSDB), disse no seu programa de rádio na manhã de ontem (1º) que vai decretar toque de recolher para todos os dias da semana no município. Nos dois últimos finais de semana a medida vigorou de sexta-feira a domingo, das 23h às 6h.


Rangel justificou que a restrição nos finais de semana funcionou e contribuiu para conter a proliferação de casos de covid-19 na cidade. "Toque de recolher todos os dias, está decretado", disse. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, o Comitê de Gerenciamento de Ações Governamentais para Prevenção e Defesa esteve em reunião durante a tarde desta quarta-feira para definir as diretrizes do novo toque de recolher e que a expectativa é que o decreto seja publicado nesta quinta-feira (2).


Para o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Ponta Grossa, Daniel Wagner, a determinação preocupa o setor, que já passa dificuldades financeiras por conta da pandemia. “É uma medida que assusta. Temos a preocupação que o cliente seja desestimulado a consumir nos estabelecimentos locais e com isso o faturamentos das empresas caia ainda mais”, explica. Ainda segundo Wagner, alguns restaurantes já estão adaptados para fechar até as 23 horas por conta dos decretos de toque de recolher anteriores, mas para os bares o impacto seria maior.

“Nós queremos passar para os clientes que é seguro ir prestigiar e consumir em um estabelecimento da cidade, claro que tomando todas as devidas precauções de higienização. Temos que achar um ponto de equilíbrio para que o setor consiga continuar aberto e mantendo os empregos”, afirma Wagner. O presidente do sindicato ressalta que não foi consultado pelo governo municipal para debater as questões de um novo decreto do toque de recolher.

Segurança Outra questão levantada pelo presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Ponta Grossa é a segurança dos estabelecimentos. “No último final de semana nós registramos dois estabelecimentos que foram arrombados e tiveram vários objetos levados. Então precisamos que o poder público nos garanta que haverá uma patrulha mais ostensiva nas ruas, já que iremos seguir a legislação”, completa Wagner.

Expectativa Nos dois últimos finais de semana a prefeitura decretou toque de recolher e o novo decreto deve seguir os mesmos moldes, onde os serviços de alimentação, como bares, restaurantes e similares podiam funcionar até as 23 horas, e após este horário poderão funcionar somente com ‘delivery’. As lojas de conveniência, disk bebidas e similares também podiam funcionar até as 23 horas, sendo vedado o atendimento por delivery ou take away após este horário.

© 2020 Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares dos Campos Gerais

contato@sehg.com.br | (42) 3224-2510

Avenida Visconde de Taunay, 1050 - Ronda, Ponta Grossa - PR (anexo ao Sindilojas)

Nos siga nas redes sociais

  • Instagram
  • White Facebook Icon

Desenvolvimento e conteúdo: Yukê Comunicação