Setor de turismo sente maior procura por viagens com o progresso da vacinação no país

Texto: FBHA

Com a vacinação, a procura por viagens tem aumentado


foto de uma moça na praia
a expectativa é de aumento de até 40% em deslocamentos em julho em comparação ao mês anterior | Foto: Wix

A agência de viagens CVC aponta que, dentre os principais destinos procurados, há cidades do Nordeste, como Maceió, Natal, João Pessoa, Aracaju, Salvador, Porto de Galinhas e Porto Seguro. A cidade do Rio de Janeiro também é uma das mais procuradas. Já no exterior a procura é grande por viagens para Buenos Aires, Cancún e Punta Cana.


Houve também o crescimento de viagens de jatos executivos durante a pandemia. Com a redução das ofertas de voos durante a pandemia, os de poder aquisitivo alto partiram para a possibilidade de um serviço de transporte mais personalizado.


O táxi aéreo ganhou força. De acordo com a Wendling, dentre os que usam esse tipo de serviço, 60% são para viagens executivas e 40% para lazer. Já há empresas que tentam popularizar esse tipo de transporte para alcançar mais e mais clientes.


Para os que ainda não têm poder financeiro para voar em jatos executivos, os voos comerciais já voam com frequência regular. É possível comprar passagens para Aracaju, por exemplo, sem problemas, mas é preciso seguir as normas sanitárias vigentes das companhias aéreas.


Nos Estados Unidos, um voo até chegou a ser cancelado após 30 adolescentes se recusarem a usar máscaras, estragando as férias de todos a bordo.


Devido às restrições internacionais ainda vigentes, muitos estão focando nas viagens domésticas. De acordo com pesquisa do Hotels.com, mais da metade dos brasileiros pensa em viajar somente dentro do país. O Brasil apresenta cenários diversos, e nada como morar em um país com paisagens abundantes para explorá-lo.


Em poucas horas de voo, o brasileiro consegue chegar a lugares de natureza exuberante e cidades com características próprias.


Também ganharam força as viagens de carro ou ônibus para perto de casa. Com trabalho e estudo remoto, muitas famílias optaram por unir o útil ao agradável e levar a rotina para outro lugar.


Muitos têm optado por pegar a estrada e ficar mais perto da natureza, seja no interior ou no litoral. Com o isolamento social ainda em voga, é preciso programar viagens em que todos se sintam seguros, e não é preciso ir muito longe para ter férias divertidas e relaxantes.